O que é ter uma educação de qualidade?

advertising

Neste artigo, você vai obter informações sobre o que é ter uma educação de qualidade. A educação há muito tempo vem sendo tema de debates, alguns acreditam que ela deve ser mais básica, para que os alunos não se sobrecarreguem, já outros desejam que educação seja investida de forma pesada.

Mas afinal, o que é realmente uma educação de qualidade? Apesar de haver divergências, há alguns conceitos que podem aplicar-se à pergunta. Portanto, para que você possa ter acesso à todo o nosso conteúdo, que abordará talvez um dos temas mais importantes de hoje em dia.

O que é ter uma educação de qualidade?

No país em que vivemos, o conceito de qualidade pode variar bastante para cada pessoa.

advertising

Ou seja, um pode achar que aquela escola que possui um prédio novo, com materiais novos e tudo mais, pode ser uma das melhores escola, por se tratar também, de uma instituição particular.

Já as escolas públicas, financiadas pelo governo, com paredes pichadas, com uma estrutura aparentemente velha e poucos materiais de estudo, automaticamente passará uma mensagem negativa.

Muitas pessoas acreditam que as escolas públicas são inferiores às particulares, por terem menos recursos e tudo mais. Porém, é muito comum vermos estudantes de escolas públicas, passarem nas melhores universidades do país, ou até mesmo do mundo.

E isto se deve pelo fato  dos educadores investirem todo o seu potencial, dentro do ambiente que está. E como os recursos das escolas públicas, são bem menores que as escolas particulares, com certeza, as atividades que poderão realizar serão mais restritas.

Uma educação de qualidade na verdade não requer muito dinheiro, para que você possa estudar em escolas particulares com sala computadorizadas, com tecnologias envolvidas em qualquer lugar.

Mas apesar de hoje em dia os problemas estar principalmente nas escolas públicas, uma educação de qualidade não se resume à escolas particulares, com estruturas excelentes.

Mas acima de tudo, para que posamos definir uma educação de qualidade, é preciso que haja esforço, tanto da parte dos professores, quanto pelos alunos e pais.

É preciso também que haja empenho e força de vontade, busque por bons resultados, seja estudando através da internet, ou por livros e enciclopédias.

Outro detalhe que vale a pena ressaltar, é que o seu aprendizado não se resume por uma nota de determinada avaliação. Apesar das provas serem essenciais para analisar como está sendo o seu desempenho, muitos a colocam na frente dos estudos.

 

Qual a real situação da educação no Brasil?

Apesar de já termos dito aqui, a educação nas escolas públicas está sendo um dos maiores problemas do Brasil.

Mas como você já deve ter percebido, isso não é culpa dos educadores, que fazem o seu melhor; mas sim do governo.

Como a escola depende da verba disponibilizada pelo governo, para que se possa ter pelo menos as condições básicas, muitas vezes não conseguem oferecer nada a mais.

Mas no geral, a grande maioria de todos os alunos que encontram-se na 6º série, ainda não sabem ler ou até mesmo escrever.

Muitos ainda, também não sabem como realizar a interpretação de um texto.

Hoje, cerce de 97% dos jovens cuja idade varia entre 7 e 14 estão frequentando as salas de aula.

Mas apesar do restante, que é 3% parecer pouco, ainda representa mais de 1 milhão e meio de jovens.

Na maioria das vezes, esses jovens tem que substituir a escola, por trabalho, para que possa sobreviver e oferecer uma fonte de renda à sua família.

Além disso, mais da metade de todos os estudantes que estão na 5º série ainda não sabem realizar cálculos considerados básicos para a sua idade.

Já em relação os alunos do 9º ano, muitos ainda não sabem como efetuar contas de porcentagem, o que na verdade deveria já ter aprendido há muito tempo.

Tais dados e números que apresentamos aqui, podem ser facilmente visualizados a partir do resultado das provas que são aplicadas pelo próprio governo, para justamente avaliar o desempenho acadêmico de todos.

Isso muitas vezes, pode ser resultado de lições de casa não realizadas.

Ou seja, quando os professores não aplicam tarefas, ou até mesmo os alunos não a realizam, não estarão exercitando sua mente, aprendendo e errando, para que depois possa ter bons resultados.

Por isso, muitas vezes, não sabem nem do que se trata a matéria que está sendo aplicada nas avaliações.

O apoio dos pais também, pode ser muito importante.

Quando não incentivam seus filhos à fazerem suas obrigações, os mesmo acharão que está tudo bem e passarão a ficar mais “acomodados”.

 

Quais são as expectativas para uma boa educação no Brasil?

Apesar de sermos um dos últimos países à ser referência, em relação à educação, ainda possuímos esperanças e expectativas.

Tais metas, por assim dizer, foram estabelecidas o ano de 2006 e desejam realizar-se até 2022.

Mas afinal, quais são essas metas?

No total, foram estabelecidas 5, e nós as apresentaremos a seguir:

  1. Toda criança/jovem que tenha entre 7 e 17 anos, deve frequentar a escola regularmente;
  2. Deve ser investido mais dinheiro e recursos na educação básica, que atualmente, não está sendo tão valorizada;
  3. Os estudantes, deverão estudar todos os conteúdos que devem ser ensinados conforme a série em que estiver;
  4. Todos os jovens deverão ter concluído não só o ensino fundamental, mas também o ensino médio, pelo menos;
  5. Todas as crianças que tiverem até 8 anos de idade, deve saber como se lê e escreve.

 

Mas como tudo isso pode ser realizado?

Apesar das metas terem sidas estabelecidas, isso não garante que serão realizadas conforme o planejado.

No entanto, a educação, púbica principalmente, vem passando por vários problemas, como dito acima.

E para que isso possa se realizar o quanto antes, existem medidas à ser tomadas:

Valorização dos professores: muitos vezes, o que falta para um professor é o incentivo. Deve haver mais valorização deste profissional tão importante. Tal valorização deve vir por parte do Estado (pagando corretamente o seu salário) e também pelos alunos, respeitando-os e realizando tudo o que são ordenados.

Direcionamento de verba: apesar de uma escola computadorizada e com tudo o que há de tecnologia, não ser sinônimo de escola perfeita, ainda sim, tais ferramentas podem ser extremamente importantes para um bom aprendizado.

Mas para isso, é preciso primeiramente haver verba, que no caso das escolas públicas, é dada pelo governo. Mas muitas vezes, este valor não é o bastante, o que acaba resultando em nenhuma mudança.

Mobilização de todos: quando toda uma sociedade se volta, para revogar seus direitos e desejos, haverá uma movimentação no governo, que por sua vez (na maioria das vezes), concederá o pedido.

Neste caso, pode haver manifestações e greves, para que o Estado invista mais pesado no futuro dos jovens, que hoje, depende das escolas.